História

Em 27 de junho de 1915 foi fundada a Associação Comercial Varejista, relacionando os proprietários de armazéns de secos e molhados, além de lojas de ferragens e tecidos.

Anos mais tarde, em maio de 1926, a entidade foi transformada na Associação Comercial e Industrial de São Francisco do Sul, tendo como primeiro presidente o empresário Marcos Görresen, que resolve designar uma distinta comissão que acabaria, por certo, de elaborar o primeiro estatuto da ainda Associação Comercial, que em 16 de outubro 1933 promulgava, então, suas normas estatutárias. A comissão era composta pelos senhores (comerciantes e industriais): Alfredo Soares Gomes, Ernesto de Oliveira S’Thiago, José Alves de Carvalho Filho, Rogério Vieira e Willy Schossland.

Em 1948, o presidente Álvaro Tancredo Dippold, resolve encaminhar farta documentação ao Legislativo Municipal, em especial ao nobre Edil Frederico Guilherme Correa Lenz, solicitando que, através de um Projeto de Lei, a Associação fosse tornada de utilidade pública municipal, o que ocorreu em 06 de dezembro de 1948, através da promulgação da Lei Municipal n° 11, sancionada pelo sr. Antonio Matheus Kruger, prefeito à época.

Em 12 de julho de 1951, por ação do então deputado estadual Olívio Nobrega, a Associação Comercial de São Francisco do Sul passa a ter os direitos de utilidade pública estadual, através da Lei Estadual n° 494.


Em 21 de setembro de 2005, a ACISFS passou a denominar-se Associação Empresarial de São Francisco do Sul, porém continua uma grande incentivadora do desenvolvimento local, unindo, fortalecendo e representando a classe empresarial e, através do associativismo, fomentando o desenvolvimento dos associados e do município.

CENÁRIO ECONÔMICO
NA ÉPOCA


No início dos anos 1900, o incremento das exportações intensificava também o movimento na cidade, com a presença de madeireiros, ervateiros e outros negociantes de várias regiões de Santa Catarina, ampliando não só o consumo de alimentos, como também dos mais variados gêneros. Crescia, pois, a necessidade de organização do comércio através de uma entidade agregadora, há muito incentivada pela imprensa local e pelos líderes varejistas de São Francisco. Assim, no dia 27 de junho de 1915 fundava-se a ASSOCIAÇÃO COMERCIAL VAREJISTA DE SÃO FRANCISCO, congregando os proprietários de armazéns de secos e molhados, de lojas de ferragens e de tecidos.
Em 30 de maio de 1926, a entidade se transformaria em ASSOCIAÇÃO COMERCIAL E INDUSTRIAL DE SÃO FRANCISCO DO SUL, tendo como primeiro presidente, o empresário Marcos Görresen. A quase totalidade dos industriais e comerciantes da cidade se associou e, desde a sua fundação, a ACISFS tem sido a maior aliada dos poderes públicos na solução de problemas das classes produtora e incentivadora do desenvolvimento de São Francisco do Sul. Foi também responsável pela instalação da agência do Banco do Brasil e da Junta Comercial em 1960. Despendeu esforços na instalação e revitalização do Porto e na construção e manutenção da BR-280, estrada de acesso a São Francisco do Sul.
A atividade portuária sempre foi o parâmetro da economia da cidade. Por isso a ACISFS empenha-se em todas as causas a ela relacionadas. Durante muitos anos, a entidade se encarregou de pesquisar o movimento portuário e encaminhá-lo aos jornais locais para divulgação. As mudanças inerentes ao século XXI trouxeram também inovações na ACISFS. Em 2005, ao completar seus noventa anos de existência, transformou-se em Associação Empresarial de São Francisco do Sul, e, pela primeira vez foi presidida por uma mulher, Sra. Jaqueline de Azevedo Gamper.

A partir do Sr. Álvaro Tancredo Dippold, presidente em 1948, até o presente ano, somam-se 24 presidentes que passaram pela ACISFS:

X